serviços de engenharia

Serviços

ESTUDOS E PROJETOS

São documentos técnicos multidisciplinares com objetivo de realizar avaliação ampla e completa dos impactos ambientais significativos e indicar as medidas mitigadoras correspondentes.

Com o objetivo de identificar as alternativas mais viáveis para a execução de obras que envolvam pavimentação e demais empreendimentos viários, o EVTEA é um estudo amplo, que assegura a coleta de dados relevantes e maior eficiência no investimento de recursos.

Estudo geológico e geotécnico são os estudos necessários à definição de parâmetros do solo ou rocha através da realização de alguns ensaios tais como, sondagem podendo ser a percussão ou a trado, ensaios de campo ou ensaios de laboratório.
Esses estudos servem para abastecer com informações técnica os projetos de engenharia civil, na obtenção de materiais para construções em geral, na construção de estradas, corte de maciços em geral e minas a céu aberto, nas fundações de edifícios, nas obtenções de água subterrânea, nas barragens de terra e aterros em geral e no túneis e escavações subterrâneas. 

Estudos sobre Segurança Viária buscam diminuir acidentes e promover ações que ajudem na diminuição dos índices de acidentes no trânsito no país.

Estudaremos as necessidades do seu Negócio, e dimensionamos as áreas do local, ambientes, equipamentos e o fluxo mais adequado, com objetivo de gerar rentabilidade.

É basicamente, a fase em que se define as etapas, elementos e serviços que constituirão a obra ou serviço. Seu objetivo é identificar com precisão as características básicas do que será construído. Este momento é caracterizado pelos estudos preliminares e de viabilidade, levando em consideração os impactos sociais, humanos e ambientais do empreendimento.

Esta é a fase que são detalhados os elementos necessários e suficientes para a execução completa de uma obra ou serviço.
É um projeto mais detalhado, contendo todas as informações que realmente serão usadas na execução da construção, com plantas detalhadas, especificações técnicas, cronogramas, orçamentos e preços negociados com os fornecedores.

GERENCIAMENTO E SUPERVISÃO

A Assistência Técnica à Obra (ATO) é extremamente importante e necessário para que se consiga garantir um padrão máximo de qualidade na execução dos serviços de construção. Sua principal atribuição é verificar se as obras estão sendo executadas conforme o projeto executivo e apontar eventuais desvios.

Durante a execução da obra, o Cronograma Físico e Financeiro servirá como referência para o gestor acompanhar os custos e prazos planejados.
O Cronograma Físico é o avanço esperado da obra em si. Este cronograma trabalha com um detalhamento maior da periodicidade de execução das etapas.
O Cronograma Financeiro é elaborado durante a fase do planejamento e tem como base principal o orçamento de custos do empreendimento.

A Auditoria de Obras pode colaborar para a melhoria de todos os processos da obra. Já que por avaliar tão bem os pormenores do empreendimento imobiliário e de seus procedimentos, pode encontrar erros ou oportunidades para melhorias.

Consiste em verificar, evidenciar e orientar projetistas, empreendedores e administradores para novas obras, novos empreendimentos, reformas significativas e edifícios comerciais durante o período de execução das obras e implementação dos projetos executivos. A análise de projetos permite a eliminação do erro construtivo devido a um projeto.

A Obtenção de Recursos Externos é a ferramenta crucial para execução dos projetos para o Terceiro Setor, OSCs nas mais diversas Organizações da Sociedade Civil. Há diversas formas de captação de recursos que podem ser utilizadas, mas somente um planejamento estratégico permitirá o retorno desejado.
Entre as atividades realizadas pela ECR, destaca-se a Assessoria na Obtenção de Recursos Externos. Alguns dos trabalhos mais significativos envolvem a concepção e o estudo da viabilidade, a montagem de dossiê para a obtenção de recursos e o preparo de editais para a execução dos empreendimentos, muitos dos quais realizados através de financiamentos de organismos internacionais, como o BID – Banco Interamericano de Desenvolvimento –, o BIRD – o CAF – Banco de Desenvolvimento da América Latina -, e o FONPLATA (países membros da Bacia do Prata – Argentina, Bolívia, Brasil, Paraguai e Uruguai).

O Gerenciamento de Obras e Projetos é um tipo de serviço contínuo e dinâmico, que tem como foco a efetivação de projetos de arquitetura e engenharia e suas execuções. Envolve a administração de tempo, recursos e equipe para que haja o cumprimento do cronograma de obra e a previsão financeira dados no orçamento.
É a melhor garantia para que tudo se materialize no tempo proposto, e dentro do orçamento que foi estipulado.

O Gerenciamento de Programas com Financiamentos, trata-se de ampla prestação de serviços de apoio ao cliente para assegurar o sucesso do cumprimento dessa tarefa multidisciplinar.
Os Programas são compostos por vários projetos individuais, cada um com um gerente e uma equipe que é responsável pela entrega de um produto seguindo os padrões de gerenciamento de projetos.
Envolve a elaboração e revisão de Planos de Governo e Planos de Ação específicos, abrangendo as áreas de saneamento, rodovias, meio-ambiente, recursos hídricos, agroindústria e outras.

A atividade de Controle da Qualidade é fundamental para a segurança, a economia e a durabilidade dos empreendimentos. O atendimento especializado possibilita avaliar processos e caracterizar propriedades físicas e dimensionais de materiais e atestando o atendimento aos padrões de qualidade e segurança requeridos.
O Controle Tecnológico possibilita ampliar o controle da qualidade em obras, uma vez que podem ser complementados por outras soluções, incluindo avaliações geotécnicas e inspeções de montagem de estruturas, entre outras.

O principal objetivo do Planejamento de Obras é aumentar a eficiência no canteiro de obras, evitar os gastos desnecessários, cumprir o cronograma de obra e garantir a segurança do projeto e de todos aqueles que trabalham ou estão envolvidos nele, evitando possíveis acidentes.

O Monitoramento Ambiental é uma atividade de acompanhamento de empreendimentos.
Normalmente incluem medições de diversos parâmetros ambientais, incluindo qualidades do meio físico, o desenrolar de atividades de implantação de obras ou as respostas do meio ambiente à presença do empreendimento.
Torna-se bastante estratégico a partir do momento em que representam custos muito menores do que os demandados para remediação de impactos ambientais.

CONSULTORIA EM PPP E CONCESSÕES

Compreendem maneiras de contratar e adquirir produtos e serviços, consistindo em categorias de despesas empresariais. Por isso, são ideias fundamentais para o controle e monitoramento dos gastos, a fim de que as finanças corporativas sejam mantidas em dia.

CAPEX
O Capital Expenditure, ou despesas de capital, representa investimentos ou desembolsos em bens de capital, que são aqueles utilizados na produção de outros itens, como equipamentos, materiais de construção, entre outros. Em outras palavras, são os fundos usados para a aquisição de elementos que ajudarão a ampliar a capacidade da empresa de gerar lucro.

OPEX
O Operational Expenditure se refere às despesas operacionais, que são pagamentos relativos à atividade de gestão empresarial e venda de produtos e serviços.

É, sobretudo, uma tentativa de integração de diferentes fenômenos, sendo limitada pelos recursos humanos e pelos materiais disponíveis e, ou, utilizados na construção.
A modelagem consiste na elaboração de modelos que procuram descrever a estrutura e, ou a forma de operação de sistemas reais. E nessa modelagem podem ser considerados fatores sociais, econômicos ou técnicos, o que a priori dependerá do foco da tomada de decisão.

A estruturação é um dos momentos mais delicados de um projeto. Ela é composta de um contínuo estabelecimento de objetivos, táticas e operações necessárias para a sua condução desde o início até a sua conclusão bem-sucedida. 
É fundamental compreender sua importância, pois poucos projetos podem sobreviver a um plano inadequado ou imperfeito.

O Verificador Independente, tem um papel essencial no monitoramento da qualidade dos serviços, com economias significativas para o contratante. Por esse motivo, estados e municípios têm recorrido cada vez mais às concessões e parcerias público-privadas (PPPs), autorizadas pelas Leis 8.987/95 e 11.079/04.
O serviço monitora de forma permanente o desempenho da empresa privada que executa uma concessão de uso, um contrato de gestão ou participa de uma PPP. Com base em um conjunto de indicadores de desempenho, o Verificador Independente determina o percentual de cumprimento dos índices de serviço por parte da concessionária.
Além de atuar como elemento de apoio adicional para o poder público, a verificação independente gera mais valor para o poder concedente, contribuindo para uma gestão eficaz dos contratos e a boa comunicação entre as partes, reduzindo atritos e garantindo a efetividade do serviço prestado ao cidadão em uma PPP.

A Due Diligence é um processo que envolve o estudo, a análise e a avaliação detalhada de informações de uma determinada sociedade empresária.
Este estudo pode abarcar aspectos financeiros, contábeis, previdenciários, trabalhistas, imobiliários, tecnológicos e jurídicos da empresa. Na verdade, qualquer setor/departamento pode ser avaliado por meio de um processo de Due Dilligence.
Trata-se de um processo exigente de auditoria, feito para investigar e diagnosticar a gestão financeira, contábil e fiscal, trabalhista, previdenciária, ambiental, jurídica, imobiliária, de propriedade intelectual e até mesmo tecnológica da empresa.

CERTIFICAÇÃO E INSPEÇÃO TÉCNICA

As Inspeções informam a real situação de segurança e desempenho das Edificações, Reservatórios e Indústrias e caracterizam-se como um “check up”, emitindo um diagnóstico preciso.
É por meio das inspeções  que se previne acidentes e se diminuem os custos de manutenção.

As pontes e viadutos são obras de infraestrutura conhecidas como Obras de Arte Especiais (OAE), assim como as demais estruturas da construção civil elas são projetadas com uma determinada vida útil e, de modo a assegurar e prolongar essa vida, as OAEs devem passar por processos contínuos de preservação.
A falta de manutenção faz com que várias estruturas tenham perda de desempenho, gerando grandes impactos e transtornos na dinâmica das cidades, além do alto custo de recuperação de OAE que teve a sua funcionalidade perdida em parte ou por completo. 
Por este motivo é de suma importância a realização de inspeções e avaliação estrutural em Obras de Artes Especiais – OAE.

Vistoria Cautelar para Produção Antecipada de Provas é instrumento processual que visa assegurar a futura produção da prova no processo de conhecimento, caso reste demonstrado que, se não realizada antecipadamente, a fonte da prova poderá ter perecido ou ter sua comprovação dificultada.

A Inspeção Acreditada de empreendimentos de infraestrutura visa aprimorar a qualidade técnica das obras de engenharia desde a fase de concepção até a sua execução. Oferece um selo de conformidade do empreendimento, mitiga o risco dos financiadores e seguradoras e permite ao parceiro privado melhores condições de financiabilidade. Tem o intuito de assegurar a conformidade dos estudos e projetos técnicos, melhorar o grau de previsibilidade dos cronogramas e do orçamento para a implantação dos empreendimentos e aumentar a eficiência dos processos de análise pelo poder público.

OPERAÇÃO RODOVIÁRIA

Os usuários das rodovias do Estado de São Paulo controladas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER), têm à disposição um forte aparato em caso de dúvidas e emergência. A Central de Operações e Informações (COI) opera 24 horas pelo telefone 0800 055 5510 para atender os motoristas que trafegam pelas estradas.

O excesso de peso dos veículos transportadores de carga traz riscos, tanto para o motorista quanto para as demais pessoas que circulam na via. Além disso, existe a possibilidade de danos ao pavimento e agravamento de eventuais acidentes.